Discernimento – Fernanda Campos

Conversamos com Fernanda Campos, advogada, uma das administradoras do Grupo Anafilaxia Brasil e da página Adrenalina Autoinjetável Já. Fernanda tem urticária autoimune e já teve várias crises de anafilaxia, a primeira em novembro de 2012, e sobreviveu porque sua mãe reconheceu, rapidamente, os sintomas da anafilaxia e estava a 5 minutos de um ambiente hospitalar. Desde 2013 colabora na luta pela liberação da Adrenalina AUTOINJETÁVEL no país.

Fernanda, diante de sua experiência pessoal e todo seu trabalho desenvolvido na divulgação de informações sobre a anafilaxia, qual a importância de reconhecermos os sintomas e saber como agir no caso de uma crise?

semana (40)

“É muito importante ter conhecimento sobre os riscos da anafilaxia e o que fazer porque ninguém está imune a uma crise alérgica, que pode ocorrer em qualquer fase da vida e ter como desfecho a anafilaxia, que pode levar a morte, é o que nos alerta os artigos científicos e pesquisas. Entretanto, o grande problema é que poucos brasileiros conhecem o assunto ou têm acesso a essas informações. E, infelizmente, o número de pessoas com alergia alimentar está crescendo muito e consequentemente isso pode refletir no aumento de crises de anafilaxia. Importante destacar que a anafilaxia pode ser desencadeada por vários tipos de alergias e outras doenças. Portanto, o desenvolvimento de ações de conscientização sobre os riscos da anafilaxia é urgente, é prioridade, já que as pessoas precisam saber como prevenir e agir.

É necessário que respeitem as necessidades dos alérgicos, e além disso, é fundamental saber o que fazer, é essencial ter um plano de ação eficaz, correto para o caso de uma reação alérgica grave, uma crise de anafilaxia.semana (41)

No Grupo ANAFILAXIA BRASIL, no Facebook, formado por pacientes, amigos, médicos, familiares, pessoas que buscam ter conhecimento sobre o assunto, nota-se o empenho dos membros, na conscientização sobre os riscos da anafilaxia e na luta pela liberação da adrenalina AUTOINJETÁVEL no país, através do compartilhamento de informações, de artigos científicos, de conhecimento, de notícias nacionais e internacionais sobre o tema. É um grupo que une as pessoas, que acolhe, que nos emociona sempre porque a generosidade, o altruísmo, a empatia pelo outro está presente todos os dias.

É possível encontrar várias informações sobre anafilaxia, também, no site Anafilaxia Brasil, que tem vários artigos e um vídeo excelente, que explica de uma forma simples e clara o assunto. No Facebook, existe a página “Adrenalina Autoinjetável Já”, que também abraçou a causa! Além das redes sociais precisamos que a mídia abra espaço para programas que mostrem os riscos de uma crise de anafilaxia e a importância da liberação da Adrenalina AUTOINJETÁVEL no Brasil.

Se você ainda não entrou nesta corrente do bem, este é o momento! Participe ativamente do Grupo ANAFILAXIA BRASIL e convide seus amigos, familiares! Compartilhe os posts, as notícias! A sua participação pode ajudar a salvar vidas! Juntos, podemos mais!”